Débito Ou Crédito: Qual A Modalidade Mais Indicada Para Uso


Débito Ou Crédito: Qual A Modalidade Mais Indicada Para Uso no dia a dia.

Umas das questões que as pessoas costumam mais ter dúvida quando o assunto é finanças se volta ao uso de cartões de debito ou credito.

Afinal de contas, quando é melhor utilizar cada um deles? Quais os riscos que esse uso representa para a educação financeira de qualidade?

Débito Ou Crédito - Débito Ou Crédito: Qual A Modalidade Mais Indicada Para Uso

Débito Ou Crédito: Qual A Modalidade Mais Indicada Para Uso

Esse pode parecer um assunto sem grande importância, contudo, sabia que grande parte das dívidas no Brasil são aquelas feitas através do cartão de crédito?

Portanto, essa é uma dúvida bastante importante e bastante comum, que precisa ser bem analisada!

Desse modo, ao longo deste artigo irei mostrar um pouco mais sobre cada uma dessas modalidades. Continue lendo então, para tirar suas dúvidas.

Cartão De Débito Ou Crédito, Quais As Diferenças?

Então, quando você fica na dúvida entre utilizar o cartão de débito ou crédito, essa é na verdade uma dúvida bastante comum.

No entanto, boa parte dos brasileiros optam sempre pela segunda. Isso porque ela dá aquela sensação de quem facilita o dia-a-dia.

Ou seja, você não precisa ter necessariamente o dinheiro disponível naquele momento quando deseja comprar algo, pois, ele pode apenas ser lançado futuramente em uma fatura.

Logo, esse tipo de pensamento é o que comumente leva as dívidas com cartão. Algo que se intensifica ainda mais quando consideramos sua capacidade de parcelamento!

Mas, antes de nos aprofundarmos em seu uso propriamente dito, quero ressaltar as diferenças entre as funcionalidades de cada um.

  • Cartão de débito: é aquele que possui função de pagamento imediato com o débito direto em conta corrente e, por isso, é visto associado quase que exclusivamente aos bancos. Ou seja, no exato momento em que ele é utilizado, o valor em questão é retirado da sua conta para realização desse pagamento. Esse cartão possibilita que você ande sem dinheiro ou faça compras com valores acima daquilo que você possui em espécime;

Leia: Gestão financeira: a sua importância para empreendedores

  • Cartão de crédito: já esse tem uma funcionalidade na qual, você faz a compra pagando-a posteriormente na data acordada ao contratar seus serviços de crédito. Portanto, ele funciona de forma semelhante a um empréstimo, sendo justamente por isso que possui taxa de juros para atrasos e inadimplências.

Além disso, o cartão de crédito não precisa necessariamente estar vinculado a sua conta corrente, podendo ser emitido por outros tipos de instituições financeiras. O que faz com que muitas lojas de departamentos, e-commerces, etc, ofereçam seus serviços.

Quando Utilizar O Débito Ou Crédito?

Crédito - Débito Ou Crédito: Qual A Modalidade Mais Indicada Para Uso

Débito Ou Crédito: Qual A Modalidade Mais Indicada Para Uso

De maneira resumida vale destacar que ambos os cartões são práticos no dia-a-dia, facilitando a compra de certo item quando você não possui dinheiro.

Ou até mesmo, caso o valor que você possua não seja o suficiente naquele momento. Contudo, sua grande diferença se encontra na cobrança.

Débito Ou Crédito: Crédito

Pensando nisso, por não possuir uma cobrança imediata, o cartão de crédito é mais indicado para compras de necessidade.

Digamos, por exemplo, que você precise comprar um remédio e está quase no final do mês e o dinheiro já acabou. Mas, ao passar no crédito você pode comprá-lo sem problemas e pagar no mês seguinte.

Viu como o cartão de crédito pode ser utilizado de forma consciente e benéfica sem grandes transtornos?

Além disso, outra forma de uso é para compras com valores elevados. Por exemplo, você foi roubado e precisa de um celular novo, mas, não pode pagar à vista.

Checando seu orçamento mensal você percebe que pode pagar parcelado, esse é outro uso consciente do cartão.

Esse cartão pode ser em geral, utilizado para compras maiores desde que planejado. Seja para algo de necessidade ou para fazer:

  • Viagens;
  • Compras de eletrodomésticos;
  • Reformas da casa;
  • Cursos;

O grande problema mesmo é utilizá-lo sem planejamento, correndo o risco de criar dívidas. Pois, feita uma compra aqui e outra ali sem controle, o somatório foge do esperado.

Considerando ainda o parcelamento, o risco fica ainda maior, devido ao comprometimento a longo prazo que nem sempre pode ser arcado.

Por fim, outra vantagem do uso desse tipo de cartão é em compras internacionais. Tanto pela internet, quanto na própria viagem.

Leia: Educação Financeira: A Melhor Forma De Poupar e Investir

Débito

Débito Crédito - Débito Ou Crédito: Qual A Modalidade Mais Indicada Para Uso

Débito Ou Crédito: Qual A Modalidade Mais Indicada Para Uso

Esse por sua vez, é um cartão ideal para o dia-a-dia, então se você fica na dúvida entre débito ou crédito em compras cotidianas, ele é o mais indicado!

Sendo assim, seu uso correto é alinhado também a um orçamento. Para evitar também o risco de passar tudo nele e ficar sem nada.

Portanto, tendo em mente o quanto você pode gastar com cada tipo de despesa (essencial, educação, investimentos e lazer), use-o nas compras:

  • De valores pequenos e médios;
  • Para compras de mercado e lazer;
  • Débito automático para serviços fixos como de educação;
  • Entre outros.

Com isso, você consegue controlar exatamente o quanto ainda tem em sua conta seguindo o planejamento mensal.

Vale lembrar ainda que muitas lojas dão descontos para compras no débito. Dessa forma, quem tem dinheiro guardado na conta pode utilizá-lo também para comprar de valores maiores.

Tal como um eletrodoméstico ou materiais de construção, por exemplo, desde que aquele valor não vá fazer falta depois!

Ou seja, esse cartão é adequado para quem quer ter mais controle de suas finanças. Sendo por vezes, recomendado ter apenas ele na carteira no dia-a-dia.

Workshop trade alta performance 580x214 1 - Débito Ou Crédito: Qual A Modalidade Mais Indicada Para Uso

Conclusão

Em resumo, a diferença entre cartão de débito ou crédito está no processamento para pagamento da compra, sendo respectivamente:

  • Feita na hora ao debitar diretamente na conta corrente;
  • Feito posteriormente segundo a data de vencimento da fatura.

O que faz com que o débito seja muito mais recomendado, se tornando um aliado da boa educação financeira.

Logo, o de crédito deve ser utilizado apenas em ocasiões mais específicas. Mas, cuidado apenas para não se deixar levar pelos famosos programas de pontuação.

Ao utilizar essa função tenha certeza que ela vale a pena ou se os prejuízos são maiores que os benefícios recebidos em troca!

Gostaria que mais pessoas se beneficiassem desse conteúdo? Compartilhe-os nas redes sociais então.

Deixe uma resposta