Gestão financeira: a sua importância para empreendedores


Gestão financeira é importante? É crucial.

O que é gestão financeira: Uma boa gestão financeira dará suporte para o empreendedor na tomada de decisões. Você quer saber o que é gestão financeira, para que serve e como fazer?

Acompanhe nossas dicas e descubra as vantagens de uma boa gestão para a saúde financeira da sua empresa.

O que é gestão financeira na pratica?

gestao financeira - Gestão financeira: a sua importância para empreendedores

Gestão financeira: a sua importância para empreendedores

Gestão financeira é a administração dos recursos financeiros da empresa. O objetivo é organizar o fluxo financeiro do empreendimento e, por conseguinte ter ciência dos compromissos que precisa honrar e os valores que tem para receber.

Engloba o dinheiro em caixa ou na conta bancária, os recursos que tem para receber, as contas a pagar e os estoques.  Além das políticas de preços e de prazos.

Mas que serve tudo isso?

É que veremos no próximo tópico. Acompanhe!

Gestão financeira empresarial Qual a importância?

É importante administrar os recursos financeiros. O motivo é que a empresa precisa manter a liquidez, ou seja, precisa ter dinheiro para pagar as contas e fazer compras para manter a empresa em funcionamento.

A administração financeira possibilitará ao empresário saber quanto dinheiro irá precisar. Ainda qual o valor que ele dispõe no presente momento e irá dispor no momento dos vencimentos das faturas.

Outro ponto crucial é  estabelecer a margem de lucro para manter  a competitividade da empresa. Para isso precisa conhecer os custos e todas as despesas que envolvem o produto desde a produção até o consumidor final.

E sabe como você vai administrar todo essa movimentação?  Para isso existem mecanismos. No próximo tópico veremos o fluxo de caixa, uma importante ferramenta da gestão financeira.

Leia: Educação Financeira: A Melhor Forma De Poupar e Investir

Gestão financeira vale a pena o fluxo de caixa

O fluxo de caixa é uma ferramenta imprescindível para a gestão financeira. Com ele o administrador irá fazer uma projeção da circulação de dinheiro na empresa, partindo do momento presente e lançando em datas futuras as contas que irão vencer e o dinheiro que tem a receber.

Nele devem constar também as contas futuras previsíveis, como folha de pagamento, contas de água, energia elétrica, telefone e compra de matéria prima.

Simplificando, através do fluxo de caixa você saberá quando as contas vencem, quando irá entrar dinheiro e qual o saldo em conta hoje e em datas futuras. Tendo assim uma visão antecipada dos recursos financeiros de que dispõem.

E qual a importância disso tudo?

É exatamente isso que veremos no próximo tópico.

Você no controle da situação

Se antecipando ao fluxo financeiro o empreendedor poderá programar investimentos para o dinheiro que eventualmente sobrar em caixa.

Porém se perceber que não terá saldo suficiente na data estabelecida para o vencimento das contas a pagar terá tempo pra resolver. Podendo assim procurar algum financiamento ou renegociar as datas dos vencimentos.

Mas as vantagens de uma boa gestão financeira vão muito, além disso. No próximo tópico mais esclarecimentos sobre como sua empresa poderá se beneficiar dessa prática.

Gestão financeira vale a pena? políticas de vendas

De posse de todas as informações detalhadas o empresário tem mais chances de perceber todos os reflexos provocados pelas medidas adotadas para o gerenciamento do seu negócio.

Gestão financeira vale a pena? Sim pois a boa gestão financeira possibilitará que você analise a liquidez da empresa em datas futuras. Fazendo uso dessas informações o empreendedor poderá adotar políticas de venda que sejam mais adequadas à realidade da empresa. Assegurando o capital de giro e evitando prejuízos.

Quando a empresa tem uma boa gestão financeira e têm informações financeiras relevantes do próprio empreendimento a administração está pronta para avançar e projetar o próprio crescimento.

Esse é o assunto do próximo tópico.

Prevendo o futuro com planejamento financeiro

Um projeto financeiro usa dados de compras e vendas que ainda não aconteceram. Baseado na produção da empresa e nos custos apurados o empreendedor poderá fazer uma projeção de como as suas finanças se comportarão se ele efetuar algumas mudanças nas políticas da empresa. Como os prazos de venda ou de compra, ou diminuir ou aumentar a margem de lucro do produto, por exemplo.

Ou seja, qualquer mudança que queria efetuar e que mexam com as finanças da empresa.

Como a gestão financeira ajuda sua empresa é o assunto do tópico seguinte.

As vantagens da gestão financeira pessoal

Com uma boa gestão financeira o empreendedor terá todas as informações sobre os recursos que precisa para gerir o seu negócio. Programando com antecedência todos os pagamentos e empréstimos.

Se ao analisar o sistema de prazos de compra e vendas se o empreendedor observar discrepâncias, terá tempo hábil para fazer as adequações. Evitando comprometer o capital de giro enquanto não recebe os recursos gerados pelas vendas.

A administração financeira mantém o empresário no controle da situação. Assim ele não será pego de surpresa com contas vencidas ou compras de urgência para manter a produção.

Acompanhe nossas dicas e assim você terá todas as informações para fazer uma boa gestão financeira.

Leia: Finanças Femininas Na Prática: Dicas Para Você Cuidar Da Sua!

Dicas de Gestão financeira na prática

Finance 1024x683 - Gestão financeira: a sua importância para empreendedores

Gestão financeira: a sua importância para empreendedores

Elaboramos uma série de dicas para impulsionar a gestão financeira empresarial da sua empresa.

#1 – Adquira conhecimentos

É essencial saber gerir as finanças. Uma boa gestão financeira evita muitos prejuízos em decorrência do desconhecimento da liquidez do caixa.  Com tomadas de decisões baseada na real situação da empresa o empreendedor terá condições de obter sucesso.

#2 – Planejamento estratégico

Tenha um plano estratégico para as finanças da sua empresa e atualize-o constantemente.

#3 – Separe o dinheiro da empresa de suas finanças pessoais.

Ás vezes é difícil, mas é importante. Faça retiradas mensais e deixe na sua conta pessoal para efetuar o pagamento das despesas da sua família. E use o dinheiro da empresa somente para as contas da empresa.

Leia: Gerenciador Financeiro Grátis: Descubra Como Cuidar Das Finanças

Gestão financeira empresarial e pessoal uma boa ideia

#4 – Faça controle mensal

Ter dinheiro em caixa não representa lucro certo. Às vezes a empresa tem dinheiro em caixa e está tendo prejuízo. Outras, ao contrario, está endividada e apresenta lucro.  Por isso é importante analisar os relatórios com frequência e poder acertar o passo entre lucro e liquidez.

#5 – Organize os documentos

As empresas mesmo as pequenas geram muitos documentos. Por isso é importante ter um sistema organizado para armazenamento. Muitos desses documentos serão solicitados com frequência e se não encontrados podem gerar uma série de prejuízos para a empresa.

#6 – Atenção ao fluxo de caixa

Peça chave da administração financeira.  Negligenciar as atualizações e análises pode comprometer a saúde financeira da empresa.

Função da gestão financeira mensal

#7 – Folha de pagamento

Na hora de contratar seja modesto, cuide para não sobrecarregar o orçamento da empresa. Verifique o perfil profissional do candidato e tente contratar o que mais se encaixa nas necessidades da empresa. Faça reservas mensais para cobrir os gastos com férias, 13º salários e eventuais demissões.

Workshop trade alta performance 580x214 1 - Gestão financeira: a sua importância para empreendedores

#8 – Pense no futuro

Estabeleça metas para o crescimento da empresa e faça projeções a partir dos dados que você possui e verifique a saúde financeira da empresa nos próximos anos.

Tente ser o mais realista possível, mas não se preocupe em acertar 100%. Esses planos são guias para ajudar na tomada de decisões, nem sempre acertam em todos os detalhes, por isso devem ser analisados e adaptados constantemente.

#9 – Fundos de reserva

Tenha reserva de dinheiro para o capital de giro, para pagamentos futuros previsíveis e para despesas eventuais que possam surgir. Isso evitará o endividamento da empresa.

Conclusão

A gestão financeira é uma tarefa um pouco complexa. Mas é imprescindível conhecer a dinâmica dos recursos financeiros da empresa. Naturalmente que com a prática tudo se torna mais simples.

Deixe uma resposta